vendredi 10 décembre 2010

Papo de pastor

Tempo de estar junto
"Então Maria deu à luz o seu primeiro filho. Enrolou o menino em panos e o deitou numa manjedoura, pois não havia lugar para eles na pensão. Naquela região havia pastores que estavam passando a noite nos campos, tomando conta dos rebanhos de ovelhas. Então um anjo do Senhor apareceu, e a luz gloriosa do Senhor brilhou por cima dos pastores. Eles ficaram com muito medo, mas o anjo disse: 
-- Não tenham medo! Estou aqui a fim de trazer uma boa notícia para vocês, e ela será motivo de grande alegria também para todo o povo! Hoje mesmo, na cidade de Davi, nasceu o Salvador de vocês -- o Messias, o Senhor! Esta será a prova: vocês encontrarão uma criancinha enrolada em panos e deitada numa manjedoura.
No mesmo instante apareceu junto com o anjo uma multidão de outros anjos, como se fosse um exército celestial. Eles cantavam hinos de louvor a Deus, dizendo:
-- Glória a Deus nas maiores alturas do céu! E paz na terra para as pessoas a quem ele quer bem! Quando os anjos voltaram para o céu, os pastores disseram uns aos outros: 
-- Vamos até Belém para ver o que aconteceu; vamos ver aquilo que o Senhor nos contou.
Eles foram depressa, e encontraram Maria e José, e viram o menino deitado na manjedoura. Então contaram o que os anjos tinham dito a respeito dele. Todos os que ouviram o que os pastores disseram ficaram muito admirados. Maria guardava todas essas coisas no seu coração e pensava muito nelas. Então os pastores voltaram para os campos, cantando hinos de louvor a Deus pelo que tinham ouvido e visto. E tudo tinha acontecido como o anjo havia falado". Lucas 2.7-20.

O que é o Natal?

Natal é a festividade que comemora o nascimento de Jesus. Celebra o nascimento do Messias, conforme estava previsto no Antigo Testamento. Após a celebração da Páscoa, o Natal é a comemoração mais importante do cristianismo. Universalmente, é visto como um dia consagrado à reunião da família, à paz, e a fraternidade ente as pessoas. Nas línguas latinas, o termo Natal deriva de Natividade, ou seja, o que é referente ao nascimento de Jesus. No inglês, o termo utilizado é Christmas, literalmente "missa de Cristo". Já em alemão é Weihnachten, que significa "noite bendita".

O que é comunhão?

A palavra grega que dá origem à palavra comunhão, em português, é eucaristia. Significa reconhecimento, ação de graças. É a cerimônia que chamamos de "comunhão", "ceia do Senhor", "santa ceia", "refeição noturna do Senhor" ou "comemoração da morte de Cristo". É uma celebração em lembrança da morte sacrificial e da ressurreição de Jesus. O evangelista Lucas registrou esse memorial e conta que Jesus tomando um pão, deu graças, e o partiu dizendo: isto simboliza o meu corpo oferecido por vocês, façam isto em memória de mim. Depois de jantar, tomou o cálice e disse: este cálice simboliza a nova Aliança feita através do meu sangue, derramado em favor de vocês. (Lucas 22.19-20). Portanto, o pão usado na celebração representa o corpo sem pecado, que Cristo ofereceu na cruz como resgate; e o vinho representa o seu sangue derramado para remissão da humanidade.

Por que o Natal é tempo de comunhão?

A mensagem que os anjos entregaram aos pastores foi uma mensagem de vida, feita por Deus às pessoas de boa vontade. É uma mensagem de comunhão – de Deus para todos os seres humanos – que culminou com a morte e a ressurreição de Jesus. Mas também uma mensagem de comunhão, de amor, entre cada um de nós e nossos próximos.

Por isso podemos dizer que esta mensagem é maravilhosa, pois, agora, a vida eterna está ao nosso alcance. Só que essa mensagem implica em comunhão, em partilhamento da boa notícia.

Entender a Natividade como um tempo de comunhão significa que cada um de nós deve se fazer algumas perguntas:

1. Como era minha vida antes de ouvir a boa notícia?
2. Como eu recebi essa notícia que os anjos trouxeram?
3. Qual é a diferença que a boa notícia faz em minha vida?
4. Estou calado ou, em comunhão, partilho essa novidade com outras pessoas?

Estamos nas vésperas do Natal. Louve com os anjos, corra com os pastores em direção à manjedoura e, em comunhão, adore, porque hoje nasceu o Salvador, o Messias, o Senhor!
Enregistrer un commentaire