vendredi 8 avril 2016

Amor sem palavras

Lucas 7.36-50.

Convidou-o um dos fariseus para que fosse jantar com ele. Jesus, entrando na casa do fariseu, deitou-se nas almofadas diante de uma mesa baixa, esticou suas pernas e apoiou-se nos cotovelos. Como as portas da casa estavam abertas, uma mulher da cidade, prostituta, sabendo que ele cearia na casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com ungüento. Entrando na casa, aproximou-se dos pés de Jesus, chorando. Regou com suas lágrimas os pés de Jesus, enxugando-os com os cabelos. Beijou-lhe os pés e os ungiu com o ungüento.


Amor sem palavras

Sua fonte – contrição, arrependimento, fé e humildade 
Sua prova – oferta preciosa como sacrifício de ação de graça / Sl 50.23 
E a emoção das lágrimas / Sl 22.62. 

Ao ver isto, o fariseu que o convidara disse consigo mesmo: Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, porque é pecadora. Dirigiu-se Jesus ao fariseu e lhe disse: Simão, uma coisa tenho a dizer-te. Ele respondeu: Dize-a, Mestre.

Certo credor tinha dois devedores: um lhe devia quinhentos denários, e o outro, cinqüenta. Um denário de prata é o que ganhava o trabalhador do campo por um dia de trabalho / Mt 20.2. Não tendo nenhum dos dois com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Qual deles, portanto, o amará mais?

Respondeu-lhe Simão: Suponho que aquele a quem mais perdoou. Replicou-lhe: Julgaste bem.

E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; esta, porém, regou os meus pés com lágrimas e os enxugou com os seus cabelos. Não me deste ósculo; ela, entretanto, desde que entrei não cessa de me beijar os pés. Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta, com bálsamo, ungiu os meus pés.

Diante do arrependimento

A alienação e os alvos errados são superados pela graça -- Por isso, te digo: perdoados lhe são os seus muitos erros, porque ela muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama. Então, disse à mulher: Esquecidos estão os teus erros. 

Os que estavam com ele à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este que até perdoa pecados? / Lc 5.21. Mas Jesus disse à mulher: A tua fé te salvou / Lc 8.48. Vai-te em paz.
Enregistrer un commentaire